Nunca encontrei ninguém completamente incapaz de aprender a desenhar.

John Ruskin, intelectual inglês do século XIX


Pensamos que o Diário Gráfico melhora a nossa observação, faz-nos desenhar mais e o compromisso de colaborar num blogue ainda mais acentua esse facto. A única condição para colaborar neste blogue é usar como suporte um caderno, bloco ou objecto semelhante: o Diário Gráfico.


Neste blog só se publicam desenhos feitos de observação e no sítio

segunda-feira, 11 de novembro de 2013

Ven

Ven é uma ilha que fica ao largo de Landskrona, entre a costa oeste da Suécia e a Dinamarca. Foi território disputado entre os dois países até ao séc. XVII, até ser negociada a sua posse pelo reino sueco.


Um astrónomo dinamarquês do séc. XVI, Tycho Brahe, estabeleceu aqui arraiais e montou um observatório, dos últimos a ser construído na era pré-telescópio. Depois zangou-se com a coroa dinamarquesa e foi convidado a trabalhar para o reino da Boémia, onde certamente, em noites boémias, conheceu, e tomou como discípulo Kepler. Hoje, há um museu no observatório e belos relvados à volta, ideais para se fazer um piquenique.


A ilha é um pequeno planalto, ergue-se abruptamente do mar algumas dezenas de metros e no topo é praticamente horizontal, o que é muito prático para os visitantes que alugam bicicletas para dar a volta à ilha. Campos dourados de trigo cobrem o terreno, pontuado por algumas casas de verão de suecos privilegiados.


É um destino favorito de verão para muitas famílias suecas, dinamarquesas e alemãs, que para lá chegar têm de usar o ferry a partir da Dinamarca ou de Landskrona na Suécia.

6 comentários:

hfm disse...

Gostei do passeio pelos desenhos e pela escrita.

Manuela Rolão disse...

Tão bom ir conhecendo a Suécia graças aos teus relatos e magníficos desenhos!

Suzana disse...

Gostei da visita guiada :)

nelson paciencia disse...

O costume, tão bom.

Maria Celeste disse...

...no sistema solar deTycho Brahe o sol girava em torno da Terra,mas todos os outros planetas à volta do sol...
...com Képler todos andavam ,em orbitas elíticas,à volta do Sol...
...vamos lá ver o que isto dá...

Rosário disse...

Bela reportagem!